You are here

Monitoração e Atuação Remota no Acelerador Supercondutor Linear

Todo acelerador de partículas possui sistemas que garantam condições de extração, condução e aceleração de íons que serão utilizados para variados propósitos científicos. São diversas fontes de alta-tensão, bombas de vácuo, medidores de pressão, dipolos, tripletos e quadrupolos eletromagnéticos, lentes eletrostáticas, medidores de corrente iônica (copos de Faraday e fendas de colimação), circuitos de refrigeração. Em todos há atuação em seu funcionamento e variáveis a serem monitoradas. São sinais em nível lógico, sinais em tensão, sinais em corrente e uma gama de protocolos de comunicação (proprietários e comerciais) com os diversos equipamentos. Nessa sessão você verá como o laboratório do Departamento de Física Nuclear do Instituto de Física da USP utiliza soluções integráveis PXI da National Instruments e uma única abordagem de desenvolvimento de software utilizando LabVIEW(R) para o controle remoto dos sistemas.

Horário: 14:20 - 15:20